10 Problemas Mais Graves do México

707 palavras 3 páginas

O Labirinto da Solidão
Octavio Paz
No primeiro capítulo o autor descreve o mexicano como um indivíduo que luta para ser alguém, ele não é apenas mais um indivíduo e pronto, alguns mexicanos gozam com o que querem ser mas não admitem, por exemplo, americanos.
O mexicano contradiz-se no que quer ser mas nunca aceitará, e nunca chegará lá, o autor compara o mexicano ao americano, mostrando o mexicano como um indivíduo com cultura, contudo, sendo extremamente religioso, deixamos de ser um país moderno, para nos tornarmos uma cultura de antepassados, onde acreditam no pecado e na morte.
Em mascaras mexicanas, parece-me que o autor quer mostrar o mexicano como uma pessoa de dupla face, que …ver mais…
Em los hijos de la Malinche o autor começa a falar de política, de como os regimes totalitários são negativos, de como secam os países, a partir daí desvia-se e fala-nos da vulgaridade dos mexicanos, da palavra “chingar”, que tem múltiplos significados, sendo o grande chungón o mais forte de todos. As divindades mexicanas mostram que as pessoas só se sentam para se consolarem com um retrato ou uma estátua imóvel, na pureza da virgem indiana, mas também temos o lado oposto, tudo o que é negativo, também representado numa mulher, a Malinche. O México ressente-se dos Malinche, Malinche é sinónimo de traição, mas juntamente com isto, encontramos novamente que o mexicano nega e abomina as suas origens.
Conquista e colónia, diz-nos a origem da sociedade mexicana, as suas origens, as culturas que aqui viveram, os seus esplendores, e como isso foi mudado por uma cultura totalmente diferente que impôs as suas ideias e crenças que se misturavam com as nossas. Além disso, o autor trata, uma vez mais, do conceito de solidão, daí o sentimento de que os velhos deuses nos abandonaram perante os espanhóis, os máximos defensores da sua religião.
br> Da independência à revolução este capítulo fala de várias questões, tais como o facto de a independência ter sido dada porque a classe alta crioula queria mais privilégios, ao

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *