25 Coisas a fazer em Macau

Macau está impregnado de história. Esta região administrativa especial da China foi a última colónia europeia na Ásia. Esteve sob domínio português desde o século XVI até 1999. Não lhe faltarão coisas para fazer em Macau: a história ainda pode ser respirada através das suas ruas, a maioria das quais com nomes portugueses. No entanto, numa base diária é quase impossível ouvir esta língua. Neste post dizemos-lhe 25 coisas para ver e fazer em Macau, uma fuga essencial se visitar Hong Kong.

Onde ficar em Macau: melhores áreas e hotéis

Quantos dias são necessários para visitar Macau?

A verdade é que tudo depende do ritmo a que se leva. No entanto, desaconselhamos a visita a Macau num dia, pois dificilmente terá tempo para ver tudo. Quando se viaja tão longe é melhor passar mais tempo nos locais porque é muito mais complicado e caro regressar. A nossa recomendação é que passe dois dias inteiros em Macau. Também oferecemos várias propostas de rotas através da China para o ajudar a planear a sua viagem, com opções de 7 dias a um mês!

Uma boa opção é chegar cedo, passar uma noite num dos hotéis da cidade e no dia seguinte regressar a Hong Kong tarde da noite. Pensamos que dois dias é tempo suficiente para realizar todas as coisas a fazer em Macau de que vos falaremos mais abaixo.

Todas as opções de transporte para chegar de Hong Kong a Macau

Neste mapa encontrará assinaladas as melhores coisas para ver e fazer em Macau.

25 O QUE VER E FAZER EM MACAO

Admire the Ruins of St Paul’s Cathedral, uma paragem obrigatória em Macau

Estas ruínas são o ícone principal de Macau. Pertencem à antiga Igreja da Mãe de Deus, construída em 1640. Excepto pela sua fachada, a igreja foi construída de madeira. No entanto, em 1835 um incêndio destruiu toda a estrutura, deixando apenas a fachada de 27 metros que hoje se pode ver, juntamente com a sua famosa escadaria de 68 degraus. Desde 2005, juntamente com todo o centro histórico de Macau, é Património Mundial da UNESCO.

A igreja não era um edifício separado. Foi construída ligada ao St. Paul’s College, a primeira universidade ocidental do Extremo Oriente. Foi precisamente nas cozinhas deste colégio que o fogo fatídico que destruiu a igreja, também conhecida como a Catedral de São Paulo, teve origem.

Marcar uma visita guiada a Macau em inglês para descobrir o seu aspecto obrigatório

o que fazer em Macau
Visitar esta bela fachada é uma a must

Climbar a Fortaleza do Monte e apreciar a vista

P>Próximo ao colégio e à igreja, esta fortaleza foi construída e ainda está de pé. Os três monumentos, a obra dos Jesuítas, são conhecidos como a Acrópole de Macau. Foi a principal estrutura de defesa dos portugueses em Macau.

Poucos canhões ainda estão de pé hoje em dia. Como curiosidade, verá que nenhum deles aponta para a China continental. Isso mostra que foi construído para se defender contra ataques no mar. O mais proeminente aconteceu em 1622 quando os holandeses quiseram invadir Macau com mais de 1300 homens. A defesa foi um sucesso.

Recomendamos que, depois de ver as famosas ruínas, suba ao topo. A partir daí terá vistas espectaculares sobre a cidade.

30 lugares imperdíveis a visitar na China

Vejam o Templo de A-Ma, o templo mais importante para ver em Macau

É um dos templos mais antigos da cidade, e foi mesmo construído antes do nascimento de Macau! Diz-se que foi construída por pescadores chineses para honrar e adorar a deusa A-Ma, deusa do céu que protegeu os pescadores. Tem vários pavilhões, cada um dedicado ao culto de uma divindade chinesa. A admissão é gratuita.

Curiosidade
O nome Macau deriva do nome do templo. Quando os marinheiros portugueses desembarcaram na costa mesmo à saída do templo e perguntaram o nome do local, os nativos responderam Maa-gok oa A-maa-gok (“O Pavilhão da Mãe”). Os portugueses chamaram então a península “Macau”

o que fazer em Macau
A entrada do belo templo em A-Má

Visit Largo do Senado

Tão conhecido como Praça do Senado é considerado o centro da cidade. É assim denominado porque está localizado em frente ao Senado Leal, a sede do governo português em Macau. Se estiver à procura de algo diferente, olhe para os edifícios que alinham a praça e, num momento, pensará que está na Europa. Como curiosidade, esta praça aparece no anverso de 100 notas de patacas, a moeda oficial de Macau.

Visitar a Catedral de Macau à noite

Outro ponto de passagem obrigatória é apaixonar-se pela iluminação da sua bela catedral, a Igreja da Sé. Europeu em estilo, é simples e foi construído por volta de 1800. No entanto, um tufão destruiu-o completamente. A igreja tal como a conhecemos foi construída no século XX.

Veja o Teatro Don Pedro V, uma das melhores coisas a fazer em Macau

Outro edifício importante que precisa de ver é este teatro. Conhecido pela sua bela fachada verde florida, foi o primeiro teatro ocidental na China. O seu estilo neoclássico não só encarna as esplêndidas características dos teatros europeus da época, mas também se mistura maravilhosamente com o ambiente de Macau. Construído em 1860, ainda é utilizado para celebrações e actuações artísticas.

O que fazer em Macau
A pitoresca fachada do Teatro Don Pedro V

Apaixonar-se pela Igreja de Santo Domingo

Por causa do seu passado português, como se pode ver, existem muitas, muitas igrejas católicas em Macau. No entanto, poucos são tão bonitos como a Igreja de São Domingos. Construído em 1587, é o mais antigo de Macau.

Veja A Casa da Água Dançante

Vendo este espectáculo irá deleitá-lo com uma combinação de efeitos especiais, água, luz, acrobacia e som. É surpreendente ver a manipulação da água para criar estes efeitos. A única desvantagem é que é um pouco caro: 580HKD, que é cerca de 70 euros por pessoa. Há um par de espectáculos por dia.

Reserve os seus bilhetes online

Escalar o Farol do Guia, uma actividade obrigatória em Macau

Outra actividade recomendada em Macau é escalar até ao Farol do Guia. Se quiser ter uma boa vista da cidade enquanto passeia por um ambiente agradável, não a perca. O farol foi construído entre 1864 e 1865 no Monte do Guia, o ponto mais alto de Macau.

Curiosidade
Por curiosidade, o Farol do Guia foi o primeiro farol de estilo ocidental na Ásia Oriental ou na costa da China. Tem uma luz visível durante cerca de 32 quilómetros em condições meteorológicas claras.

o que fazer em Macau
Chegar ao farol é fácil. Não requer grande condição física

Snooping around Macau’s Fisherman’s Wharf

Se procura uma actividade curiosa e tem tempo suficiente, tem de a verificar. Embora ainda se encontre em construção, lá poderá encontrar cópias de monumentos famosos como o Coliseu Romano ou as Pirâmides de Gizé ou atracções interessantes. É um lugar temático de lazer.

Aprenda 9 factos divertidos sobre Macau

Visitar o Museu do Grande Prémio, uma visita interessante a fazer em Macau para os amantes do desporto

No caso de não saber, Macau também tem um conhecido Grande Prémio de automobilismo. O museu foi inaugurado em 1993 para celebrar o 40º aniversário do Grande Prémio de Macau, que apresenta uma série de corridas de automóveis e motociclos e tem lugar todos os anos em Novembro. A entrada é gratuita e existe um simulador de condução muito interessante.

Entra na Casa do Mandarim, um dos edifícios mais bonitos para ver em Macau

Se quiseres ver como era uma mansão chinesa nos tempos antigos, não te esqueças de entrar. O edifício foi construído em meados do século XIX como residência do litterateur chinês Zheng Guangying – ficará impressionado com todos os detalhes!

O que fazer em Macau
Num dos belos portões de entrada da casa

Descer a Rua da Felicidade

Se for um cinéfilo, tem a certeza de que esta rua toca um sino. Apareceu no filme Indiana Jones and the Temple of Doom. De qualquer modo, como se pode adivinhar pelo seu nome, já foi o coração do distrito da luz vermelha de Macau. Hoje é uma bela rua comercial onde se pode comprar todo o tipo de produtos e encontrar restaurantes tradicionais. Sem dúvida que o que mais caracteriza esta rua pitoresca são as suas portadas vermelhas. Não a perca!

Fotografe o famoso edifício dos Correios

Outro emblema do centro histórico de Macau é o edifício dos Correios. É clássico em estilo e encimado por uma torre sineira. Dentro encontrará selos de todos os tipos.

Tentando ouvir algo em português no centro histórico de Macau

Macau tem uma história muito recente. Até 1999 fazia parte de Portugal. No entanto, embora o português figure em nomes de ruas e algumas lojas é quase esquecido – só se ouve cantonês!

Quando é a melhor altura para viajar para a China?

Entre no Grand Lisboa Hotel

A 258m de altura, este famoso hotel é o segundo edifício mais alto da cidade atrás da Torre de Macau. Abriga um dos casinos mais importantes da cidade com 800 mesas de jogo e 1000 slot machines. Se gosta de jogar, não hesite!

Subir a Torre de Macau, uma actividade obrigatória em Macau

Se quiser ver a cidade do seu edifício mais alto, não pode falhar. A torre foi construída em 2001, a pedido do bilionário de casino Stanley Ho Hung-Sun. Na sua visita a Auckland, ficou tão impressionado com a Sky Tower que pediu uma torre semelhante em Macau. A entrada no convés de observação custa 13 euros por pessoa.

Compre o seu bilhete online para poupar tempo e dinheiro

o que fazer em Macau
A Torre de Macau e o Hotel Grand Lisboa da Fortaleza do Monte Mount

Veja o espectáculo da fonte no Hotel Wynn

Embora não tão impressionante como o do Bellagio em Las Vegas ou do Burj Khalifa no Dubai, não é mau. As fontes dançam ao som da música. Há um espectáculo de 15 em 15 minutos, tanto de dia como de noite.

Passar a Tira de Macau

Macau é considerado a Ásia Las Vegas. A verdade é que eles têm muitas semelhanças. Embora a Strip de Las Vegas seja muito mais longa, a de Macau está cheia de hotéis, casinos e muito glamour.

Transporte-se para Veneza no The Venetian

Um dos hotéis mais característicos da Strip de Macau é o The Venetian. Há um idêntico em Las Vegas, embora tenhamos achado o de Macau mais impressionante. No interior, em The Grand Canal Shoppes, pode dar um passeio de gôndola, fazer compras em todo o tipo de lojas e ser transportado para Veneza – está muito bem feito!

The Venetian
O cenário é de cortar a respiração

Fotografando a Torre Eiffel e o Arco do Triunfo, duas das coisas mais curiosas a ver em Macau

Sim, e tal como em Las Vegas, além de um hotel The Venetian, também encontramos uma Torre Eiffel e um Arco do Triunfo. Embora não sejam tão impressionantes como o real, são divertidos – tire uma boa fotografia!

Jogar algumas patacas num dos casinos é uma obrigação em Macau

Se não for fã de jogo, não pode sair de Macau sem ter jogado algumas patacas num dos casinos. Macau é considerada a capital do jogo na Ásia. Recomendamos o casino no The Venetian ou no Grand Lisboa – boa sorte!

Tira uma foto do horizonte de Macau da Taipa

O horizonte de Macau é muito distinto. A Torre de Macau e o Hotel Grand Lisboa são os seus principais ícones – é especialmente bonita à noite!

Visit Taipa

Taipa é uma ilha localizada a sul da cidade de Macau. É possível ver muita influência portuguesa nas suas ruas, por isso é muito pitoresco fotografar. A parte mais interessante são as casas museu da Taipa. São um complexo de cinco casas, quatro das quais exibem vários artefactos e exposições sobre a vida durante a vida dos portugueses na era colonial de Macau.

Taipa
Todas as casas foram construídas em 1921 mas restauradas no final do século XX | Abasaa

Escapa para Coloane, a parte mais a sul de Macau

Finalmente, aconselhamo-lo a visitar Coloane. É a parte mais rural de Macau onde se pode desligar do caos e dos casinos.

O melhor é que é uma zona calma, sem muitas pessoas, onde se pode perder em alguns dos seus parques, trilhos para caminhadas ou passear ao longo das suas praias. A propósito, não parta sem experimentar a tradicional torta de ovos na padaria Lord Stow’s Bakery!

É um óptimo lugar para um dia na praia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *