Análise ambiental (marketing)

Análise ambiental é a análise que uma empresa faz da situação completa que enfrenta, com o objectivo de poder tomar decisões orientadas para o mercado e de poder concretizar as suas estratégias de marketing.

Análise ambiental permite a uma empresa fazer um plano de marketing correcto que inclua o seu processo de segmentação. Do mesmo modo, poderá seleccionar correctamente o seu mercado-alvo e estabelecer um posicionamento adequado de acordo com a sua situação particular.

Também lhe permite planear e implementar o seu mix de marketing, especificamente pode determinar o tipo de produto que irá oferecer ao mercado, o preço que irá cobrar por ele, o sistema de distribuição que irá utilizar e as formas de comunicação que irá utilizar para atingir o seu mercado-alvo.

Image 86

Como se faz uma análise ambiental?

Por um lado, a análise do ambiente inclui uma série de passos, para conseguir ter conhecimento e informação relevante do ambiente ou ambiente que rodeia uma empresa e assim tomar as melhores decisões que influenciam positivamente o desempenho da empresa.

Análise ambiental pode ser dividida em análise interna e externa.

Análise interna

Análise interna é baseada principalmente no conhecimento da empresa. Particularmente o que importa saber são os pontos fortes e fracos.

Na análise interna estamos interessados em saber o seguinte:

1. Missão da empresa

Desde, a missão representa a razão fundamental da existência de uma empresa. A missão é o que nos permite justificar a actividade que a empresa está a desenvolver num determinado momento.

Por exemplo, a missão de uma empresa pode ser que seja amiga do ambiente.

2. Orientação para o mercado

Assim, a orientação para o mercado é a filosofia ou cultura empresarial, que orienta o planeamento e implementação do processo de marketing. Da mesma forma, orienta o modo de gestão e a direcção geral da empresa.

Por outras palavras, a orientação para o mercado torna-se a filosofia que é seguida para que todos os departamentos da empresa avancem na mesma direcção, mas a ênfase é colocada no departamento de marketing.

Tendo em conta este ponto, idealmente, cada empresa deve ser orientada para o cliente e todas as suas estratégias devem girar em torno do cliente.

3. Entrega de valor

Assim, a entrega de valor para uma empresa representa o conjunto de benefícios que oferece ao consumidor para satisfazer a sua necessidade em troca do pagamento de um preço e da decisão de comprar os produtos que são vendidos no mercado.

Análise externa

Por outro lado, a análise externa concentra-se mais no conhecimento das ameaças e oportunidades oferecidas pelo ambiente externo que rodeia a empresa.

Então, a análise externa deve ser feita constantemente, uma vez que, o ambiente da empresa está sempre a mudar continuamente.

Os principais elementos considerados na análise externa são os seguintes:

1. Análise do cliente

Um cliente é a pessoa que compra os produtos de uma empresa. A fim de fazer uma análise do cliente, todos os dados dos clientes que as empresas possuem devem ser tidos em conta.

Simplesmente, estes dados podem ser usados para gerar modelos para prever o comportamento do cliente, além disso, estes dados ajudam a poder determinar quem são os melhores clientes da empresa.

Assim, adicionalmente, com esta análise pode obter informações importantes sobre o valor potencial que os clientes possuem tanto em termos monetários, como não monetários. Especialmente, considerando que será mais fácil para uma empresa conceber mais eficazmente as suas estratégias de marketing.

2. Análise da concorrência

Competitores são todas as empresas que comercializam produtos semelhantes ou satisfazem a mesma necessidade dos consumidores nos mercados em que uma empresa participa.

Conclui-se que se chama concorrência directa quando empresas concorrentes vendem produtos semelhantes aos nossos e concorrência indirecta quando comercializam produtos substitutos.

Também a análise da concorrência é muito importante porque nos permite conhecer as acções dos concorrentes, bem como as suas estratégias e assim tomar acções preventivas que nos proporcionam alguma vantagem superior.

3. Análise dos colaboradores

Desde que os colaboradores de uma empresa são todos os parceiros que ajudam e apoiam a empresa para que esta possa alcançar os seus objectivos, os colaboradores mais importantes são os distribuidores, fornecedores e agências de publicidade ou de transporte.

    • Distribuidores: Os distribuidores são todos os intermediários que fazem chegar os produtos de uma empresa ao consumidor final, são responsáveis por levar a cabo o processo de comercialização dos produtos.
    • Fornecedores: São todas as empresas que fornecem os insumos e matérias-primas que uma empresa necessita para desenvolver o seu processo produtivo.
    • Agências: São todas as empresas que apoiam as empresas na realização dos seus processos de comunicação, logística de transporte, gestão de carteira, entre outros.

Assim, a informação dos colaboradores permite à empresa desenvolver vantagens comparativas e acrescentar maior valor na entrega ao cliente.

4>4. Análise do ambiente externo

É também conveniente saber como evoluem as tendências demográficas, tendências económicas, estilos de vida, tecnologia, políticas e regulamentos, uma vez que todos eles determinam e definem a forma como a empresa age e actua.

Análise externa

Finalmente, podemos dizer que a elaboração do plano de marketing deve começar com a realização da análise interna da empresa e já para desenvolver as estratégias e tácticas de marketing, a empresa deve realizar a análise externa.

Em qualquer caso, a análise interna ajuda a empresa a conhecer os seus pontos fracos e fortes. Entretanto, a análise externa permite conhecer as ameaças e oportunidades que a empresa pode encontrar no ambiente competitivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *