Descubra a fenda que está a dividir o continente africano

Os cientistas internacionais foram deixados com a boca aberta após detectarem uma enorme fenda que está a dividir o continente africano e que a longo prazo terá efeitos colaterais nesta parte do mundo.

Esta anomalia geográfica foi detectada graças às medições de diferentes satélites, com origem em Afar, África Oriental e com vários quilómetros de comprimento, atingindo a Etiópia e o Quénia.

Veja mais: Infonavit dá-lhe dinheiro para remodelar ou construir a sua casa

De acordo com os especialistas este fenómeno geológico é porque nesta região são 3 placas tectónicas, o seu movimento gradual causou a separação da terra.

Estima-se que no meio de África irá formar um novo oceano de 5 a 10 milhões de anos, por isso por agora só podemos ver como este grito está a crescer pouco a pouco.

#SeFracturaElContinente AFRICA DO QUÊNIA É O INÍCIO DA FRATURA DO CONTINENTE

O continente está a dividir-se lenta mas inexoravelmente, o que fará com que a África se divida em dois, gerando um novo oceano. pic.twitter.com/iGTIhP7V1s

– O Diário Missionário Digital (@MisioneroDiario) 1 de Setembro de 2020

Esta fenda apanhou os habitantes locais de surpresa

Estes tipos de fenómenos não são estranhos no nosso país embora tenha tido outro tipo de natureza, desde há alguns anos atrás foi detectada uma fenda num campo de futebol em Michoacan, que gradualmente inflamou a relva à sua volta.

Embora no início se pensasse que era o nascimento de um vulcão, os especialistas teorizam que pode ser uma formação cavernosa que tinha material seco, de modo que devido às altas temperaturas pegou fogo. A anedota recordou o nascimento do Paricutin, o vulcão mais jovem encontrado no território desde que surgiu nos anos 40 e alguns meses após ter sido detectado arrasado nas aldeias próximas.

Keep reading: Ele manteve um hambúrguer durante 24 anos e permanece intacto

.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *