Eu não sou cozinheiro…: Maftoul – Moghrabieh

br>Moghrabieh (translit árabe. El-Maghreb, também pronunciado como mughrabia e maghrebiyya) é um ingrediente tradicional da cozinha libanesa (por vezes referido como couscous libanês). Como o nome sugere, é originário do Magrebe. É feito de pequenas bolas de sêmola de trigo duro, e seco. Uma vez cozinhados, atingem cerca de 6 mm de diâmetro (o tamanho de um pequeno grão de bico). A preparação destes grãos é feita por cozedura lenta num caldo (durante cerca de 20 a 25 minutos).
Um tipo de massa com esta forma, chamada maccarone, já existia no século XV na Sicília. Na Síria, o moghrabieh é conhecido como maghribiyya, onde também veio a ser chamado de prato. É conhecido como maftoul na Palestina, onde é muito popular e é preparado e servido como no Líbano. Em Israel, existe uma variante chamada ptitim, ou couscous israelita, que é mais pequena em tamanho e servida como acompanhamento. Na Tunísia é chamado muhamma e na Argélia burkuki. Por vezes pode ser encontrado em pratos da cozinha marroquina.

Notas
>br>>>ul>

  • Farinha de Maftoul é feita utilizando uma mistura de farinha de trigo integral e farinha universal, o que lhe confere o melhor sabor e textura. Pode usar apenas trigo integral, o que dará à sua maftoul uma cor ligeiramente mais profunda e provavelmente precisará de mais água.
  • li>Infusão de especiarias e cebola (Dafneh): Em algumas áreas da Palestina infundem o seu maftool com cebola e especiarias.

    Ingredientes:
    (por 1 quilo)
    >br>>>ul>

  • 1 chávena de bulgur fino
  • 1 colher de sopa de sal
  • 2-3 chávenas de água
  • 4 chávenas de farinha de trigo integral
  • 4 chávenas de farinha de trigo integral
  • Preparação:
    br>>ol>

  • Adicionar o sal à água e dissolver o sal.
  • Misturar todo o trigo e farinha numa tigela.
  • Adicionar ¼ chávena de água para o bulgur, esfregar a água no bulgur com os dedos. O que se quer fazer é humedecer os grânulos de bulgur para permitir que a farinha se agarre a eles.
  • li>Sprinkle the bulgur over the bottom of a wide pan, casserole dish or large bowl. Algo grande, com uma borda e uma base plana.

    li>Os movimentos devem ser circulares para continuar a revestir os grânulos de bulgur com farinha. Continuar a girar até que toda a farinha seja absorvida pelo bulgur. Se obtiver grandes nódulos, quebre-os esfregando-os suavemente entre as pontas dos seus dedos.

  • Para continuar a cultivar os grânulos, repita a primeira acção, pegue no bulgur de um lado da panela, deite ¼ chávena de água no lado vazio e utilize um movimento circular para humedecer os grânulos de bulgur; polvilhe meia chávena de farinha e misture com a ponta dos dedos, poderá notar que os grânulos de maftoul começarão a crescer em tamanho.
  • Repetir os passos de molhar os grânulos de bulgur, enrolar, polvilhar com farinha, enrolar até os grânulos ficarem do tamanho que se quer que sejam.
  • /li>>br>Nota: Note que as quantidades de água e farinha fornecidas na receita são apenas para orientação, pode ter mais ou menos dependendo do tamanho das pérolas maftoul
    A cozedura do maftool
    Para esta etapa utiliza um instrumento especial: o cuscuz de panela. Consiste em 2 partes em cima uma da outra. A parte inferior é um grande pote e a parte superior é um coador que segura o couscous ou maftoul. Se não tiver este instrumento, pode usar um coador de metal normal que cabe sobre um grande pote. Tente encontrar um coador que se ajuste ao seu pote o mais próximo possível, uma vez que não quer que nenhum vapor escape entre o pote e o coador. Vaporização.
    <

      <<
    • Água
    • 1 pau de canela (opcional)
    • 5 vagens de cardamomo (opcional)
    • li>10 todas as vagens de especiarias. (opcional)

    • 2 folhas de louro (opcional)

    Se decidir fazer maftool com infusão de especiarias e cebola, necessitará
    ul>

  • 1 cebola picada
  • 1/2 colher de chá de cominho moído
  • 1/2 colher de chá de coentro seco ou sementes de coentros
  • 1/2 colher de chá de cominho moído
  • 1/2 colher de chá de cominho inteiro spice
  • Instructions
    ul>

  • No fundo da panela de cuscuz (ou numa panela) adicionar 2 polegadas (5 centímetros) de água.
  • Adicionar as especiarias à água e levar a água a ferver.

  • Ouvir o coador de vapor (ou a parte superior da panela de cuscuz) generosamente com azeite.
  • li>Pôr o maftoul no coador e depois colocá-lo em cima da panela de água a ferver. Certifique-se de que o fundo do coador não toca na água. Se notar vapor a escapar pelo espaço entre as bordas do coador e a panela, use uma toalha de chá para selar as bordas.

    Fotosequence
    br>>>/div>

    div id=”ebbdaeacbc”>
    >br>>>/div>

    <
    br>

    /div>

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *