Mecânica respiratória

Mecânica respiratória é um processo pelo qual o ar ambiente é forçado para os pulmões (inspiração) e depois o ar alveolar é forçado para fora dos pulmões (expiração). Este processo permite satisfazer tanto a procura de oxigénio como a eliminação de dióxido de carbono pelos tecidos do corpo, quer durante o repouso (respiração em repouso) ou o exercício físico (respiração forçada). No entanto, como os pulmões não têm movimento próprio, a alteração no volume pulmonar é conseguida quando seguem passivamente os movimentos que os músculos respiratórios transmitem à gaiola torácica em que estão contidos. Na respiração em repouso, a inspiração é activa e a expiração é passiva (Figura 4 e Quadro 1). Na respiração forçada, contudo, tanto a inspiração como a expiração estão activas (Tabela 2 e Figura 5).

Mecânica respiratória
Figure 4. Durante a inspiração, a pressão negativa da cavidade pleural aumenta, expandindo o tecido elástico pulmonar e extraindo ar para a cavidade pleural. Durante a expiração a pressão negativa na cavidade pleural diminui, permitindo que o tecido elástico pulmonar se retraia e cria uma pressão positiva dentro dos pulmões expulsores de ar.
Tabela 1. Respiração em repouso.
Tabela 2. respiração forçada.

Figure 5. Raio-X do tórax em inspiração forçada e expiração forçada.
Raio-X do tórax em inspiração forçada e expiração forçada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *