Nvidia responde a Linus Torvalds

Durante uma palestra numa universidade finlandesa, Torvalds criticou Nvidia por desconsiderar a comunidade de código aberto ao não oferecer suporte Linux na sua tecnologia Optimus. A certa altura, a sua exasperação levou-o a declarar que Nvidia poderia ir para o inferno, sublinhando tal visão com um gesto eloquente.

A declaração de Nvidia começa por notar diplomaticamente que: Recentemente, foram levantadas preocupações sobre a nossa falta de apoio à nossa tecnologia Optimus para computadores portáteis, acrescentando que compreendemos que há pessoas apaixonadas por Linux, tal como nós somos apaixonados por proporcionar uma fabulosa experiência de GPU.

Diz-se em seguida que oferecer apoio Linux é importante para a Nvidia, recordando que no início, a tecnologia Optimus só estava disponível para Windows 7. Depois, a comunidade de código aberto começou a procurar uma solução para o problema, no âmbito da iniciativa do Projecto Bumblebee Open Source. Como resultado disso, fizemos recentemente modificações no instalador e no ficheiro ‘ReadMe’ nos conectores R295, que concebemos para interagir mais facilmente com Bumblebee.

A nota continua para definir qual será a atitude de Nvidia em relação a esta questão: Embora compreendamos que há pessoas que prefeririam que entregássemos documentação detalhada sobre todo o nosso trabalho de GPU, ou que participássemos mais activamente nas discussões da comunidade Linux Kernel, tomámos a decisão de apoiar o Linux nas nossas GPUs, contribuindo com código comum Nvidia, em vez de código para a infra-estrutura Linux comum. E embora isto possa não agradar a todos, permite-nos fornecer uma experiência de GPU mais consistente para todos os nossos clientes, independentemente da sua plataforma ou sistema operativo.

A empresa conclui notando que, em última análise, fornecer uma experiência de GPU consistente, através de múltiplas plataformas, para todos os nossos clientes, continua a ser um dos nossos principais objectivos.

Ilustração: Captura da tónica de Linus Torvalds na Universidade de Aalto, Finlândia:

  • Tweet

Evento online mesa redonda internacional 23 de Março.

<

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *