Resumo


Este artigo ou secção necessita de referências que apareçam numa publicação de renome.
Esta nota foi afixada a 27 de Janeiro de 2016.

Metatese (do grego μετάθεσις, transliterado estritamente como metátese, “transposição”) é o metaplasma que consiste na mudança de lugar dos sons dentro da palavra, atraídos ou repelidos uns pelos outros. Pode haver dois sons que trocam de lugar, e depois falamos normalmente de metátese recíproca (animalia > varmint), ou pode haver apenas um som que muda o seu lugar dentro da palavra, e depois o fenómeno chama-se metátese simples (integrare > entregar). Os sons que a metátese pode ser contíguos, falando assim de metátese de contacto como em vidua > viúva, ou podem ser separados, dando origem a uma metátese distante como nos exemplos dados na metátese recíproca. Existem outros tipos de metaplasma (a substituição de um fonema por outro, por exemplo, agüela por abuela). Não confundir com haplologia (a eliminação de uma sílaba semelhante para uma sílaba próxima dentro da mesma palavra, por exemplo “alredor” para alrededor ou “competitividad” para competitividad).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *