Social Work in Micro and Macro Practice in the Context of Tuberculosis

Amaral-Figueroa, M. I., Walters-Pacheco, K., & Rodriguez, M. (2017). Exploração de uma estratégia alternativa para a integração activa do paciente no tratamento da diabetes: investigação de acção participativa, educação, e actividade física. Threshold Journal (Stage IV-Complete Collection), 8, 96-110.

Burghardt, S. (2015). A Macro-Prática no Trabalho Social no Século XXI Fazendo a Ponte entre a Macro-Micro-Fenda. Segunda edição. Los Angeles, CA: SAGE.

Davis, A. L. (2000). Uma perspectiva histórica sobre a tuberculose e o seu controlo. Nova Iorque: Marcel Dekker, Inc.

De Heer, H., Moya, E., e Lacson, R. (2008). Vozes e imagens da tuberculose: Facturação fotográfica num cenário binacional. Casos em Comunicação e Marketing de Saúde Pública, 101, 654-662.

Falk, G. (2001). STIGMA: Como tratamos as pessoas de fora. Nova Iorque: Prometheus Books.

Farmer, P. (2000). The Consumption of the Poor: Tuberculosis in the 21st Century. Etnografia, 1(2), 183-216.

Farmer, P., (2005). Pathologies of Power Health, Human Rights and the New War on the Poor (Patologias da Saúde do Poder, Direitos Humanos e a Nova Guerra aos Pobres). Los Angeles: Imprensa da Universidade da Califórnia: Amaya-Lacson TB. Projecto Photovoice.

Lacson, R., Moya., E., y Rugg, T. (2007). TB Call to Action. 38ª Conferência Internacional da UNIÃO: Fórum Comunitário em Kayelitsha. Kayelitsha, Cidade do Cabo.

Lacson, R., y Yaneek R. (2005). Amaya-Lacson Tuberculosis Photovoice Project. O Relatório de Visita ao Sítio Amaya-Lacson TB Photovoice Feasibiity. Atlanta, Geórgia: Projecto Amaya-Lacson TB Phtovoice.

Macq, J. (2007). Empoderamento e envolvimento de doentes com tuberculose no controlo da tuberculose: Experiências e intervenções documentadas. Genebra: Organização Mundial de Saúde.

Minkler, M., y Wallerstein, N. (2011). Community-Based Participatory Research for Health from Process to Outcomes (Investigação Participativa Baseada na Comunidade para a Saúde desde o Processo até aos Resultados). 2ª Edição. São Francisco, Califórnia: Jossey-Bass

Minkler, M. (2012). Organização Comunitária e Construção Comunitária para a Saúde e o Bem-Estar. (3ª Ed9. New Brunswick, New Jersey: Rutgers University Press.

Moya, E. M. (2010). Tuberculose e Estigma: Impactos nos Comportamentos de Procura de Saúde e Acesso em Ciudad Juarez México e El Paso Texas. El Paso: A Universidade do Texas em El Paso. UMI 3409176 ProQuest.

Moya, E. M., Biswas, A., Chávez Baray, S. M., Lomeli, B., & Martínez, O. (2014). Avaliação do Estigma Associado à Tuberculose no México. Acção de Saúde Pública, 12, 21; 4(4): 226-232. doi:10.5588/pha.14.0065

Moya, E., Chavez-Baray, S., Adcox, C., &Martínez, O. (2017). Bolsa de Estudo para os Sem-Abrigo Fora da Sala de Aula de Acção Social com os Sem-Abrigo. Califórnia: SAGE Research Methods Cases Part 2. doi: 10.4135/9781526419170.

Moya, E. M., Chávez-Baray, S., y Martinez, O. (2014). Violência do Parceiro Íntimo e Saúde Sexual: Vozes e Imagens dos Sobreviventes de Latina. Prática de Promoção da Saúde, 15(6): 881-893. doi: 10.1177/1524839914532651

Moya, E. M., Chávez-Baray, S., Wood, W., &Martínez, O. (2016). Nuestra Casa: Uma Iniciativa de Advocacia para a Redução das Desigualdades e da Tuberculose ao longo da fronteira dos EUA com o México. Capítulo num único livro após o lançamento da edição especial. (2015-2016). Nova Iorque: Editora Nova Sciences.

Moya, E., Loza, O., y Lusk, M. (2012). Border Health: Desigualdades, Sociais, Determinantes, e os Casos de Tuberculose e VIH. Em Social Justice on the U.S.-Mexico Border, (pp.161-178). Países Baixos: Springer.

Moya, E., y Lusk, M. (2009). Tuberculose e perspectivas das pessoas afectadas pela tuberculose em El Paso, Texas e Ciudad Juarez, México. J Educação Continuada em Trabalho Social, 12, 3, 48-58.

Moya, E., Lusk, M. (2013). Perspectivas de pessoas afectadas pela tuberculose e pelo estigma relacionado com a tuberculose em El Paso, Texas, e Ciudad Juárez, México. Salud Pública de México, 55(sup4), 498-507.

Moya, E., Lusk, M., y Puga, D. (2009). Trans-border Research on Stigma and Treatment Adherence in TB (Projecto PIMSA). El Paso, Texas: A Universidade do Texas em El Paso.

Moya, E. M., y Nuñez-Mchiri, G. (2013). Arte Pública, Service-learning, e Reflexão Crítica: Nuestra Casa as a Case Study of Tuberculosis Awareness on the U.S-Mexico Border. Reflexões: A Journal of Service Learning and Reflections. 13(1), 127-151.

Moya, E., Solis, G., Chavez-Baray, S., Mayer-Moore, J., Ellis, C., Camacho, E., y Norman, S. Community-Based Learning Practices in a Home-Free Setting. Em H. Kendall (Coord.) High Impact Practices… (en revisión).

Pan American Health Organization. (2010). A situação da Tuberculose na Fronteira Estados Unidos-México. Washington, DC: OPAS.

Reisch, M. (2013). Qual é o futuro do trabalho social? O trabalho social crítico e radical, 1(1), 67-85.

Schiavo, R. (2013). Comunicação sobre saúde: Da Teoria à Prática. São Francisco, CA: Jossey-Bass.

SOLUCION TB PCI. (2008a). Monitorização do 2º Trimestre & Relatório de Avaliação. San Diego, Califórnia: PCI.

SOLUCION TB PCI. (2008b). 4º Relatório Trimestral à USAID. San Diego, Califórnia: PCI.

SOLUCION TB PCI. (2010). Da Tosse à Cura: Conhecimento, Atitudes e Práticas em TB no México. San Diego, Califórnia: PCI.

SOLUCION TB PCI. (2012a). Práticas Promissoras na Prevenção da Tuberculose: A Experiência Nacional da SOLUCION TB no México. San Diego, Califórnia: PCI.

SOLUCION TB PCI. (2012b). Tuberculose e co-morbilidades: estudio sobre satisfaccion de usuarios de servicios de salud. San Diego, Califórnia: PCI.

Schumann, D. , Moya, E., Ramos, R., y Lomeli, B. (2010). Nuestra Casa: Proyecto itinerante para la abogacia, comunicacion y movilizacion social en tuberculosis. San Diego. Califórnia: PCI.

Smith-Nonini. (2005). Quando “o programa é tão bom, mas a doença é melhor”: lições do Peru sobre tuberculose resistente aos medicamentos. Antropologia médica, 24, 265-296.

TBPhotovoice Organization. http://tbphotovoice.org/about.

Ulin, P.R., Robinson, E. T., y Tolley, E, E. (2006). Investigación Aplicada en Salud Pública: Métodos Cualitativos. Organización Pan Americana de Salud. Publicación Científica y Técnica 614, 67-94.

Valdez W., D. (2013). “UTEP Professor Lidera Campanha de Sensibilização para a TB na Fronteira”. Em El Paso Times. 5 de Julho, 2013. El Paso Times.

Van Rie, A., Sengupta S., Pungrassami, P., Balthip Q., Choonuan, S., Kasetjaroen Y., Strauss, R.P., y Chongsuvivatwong, V. (2008). Medição do estigma associado à tuberculose e ao VIH/SIDA no sul da Tailândia: Análise exploratória e de factores de confirmação de duas novas escalas. Tropical Medicine and International Health, 13(1), 21-30. doi: 10.1111/j.1365-3156.2007.01971.x.

Velarde, J. (2012). Nova exposição do Museu Toca na tuberculose. 10 de Janeiro de 2012. UTEPnews.com.

Velázquez, M.C.A. (2012). El trabajo social sanitario en la atención primaria de salud. ENE, Revista de Enfermería, 3(2).

Vinaccia, S., Quiceno, J. M., Fernández, H., Pérez, B. E., Sánchez, M. O., & Londoño, A. (2007). Qualidade de vida relacionada com a saúde e apoio social percebido em doentes diagnosticados com tuberculose pulmonar. Anais de psicologia, 23(2), 245-252.

Organização Mundial de Saúde. (2006) Parceria STOP TB: Quadro de Acção de Advocacia, Comunicação e Mobilização Social para 2006-2015. Genebra: Organização Mundial de Saúde.

Organização Mundial de Saúde. (2007). Advocacia, comunicação e mobilização social para o controlo da tuberculose: um manual para os programas nacionais. Genebra: Organização Mundial de Saúde.

Organização Mundial de Saúde. (2017). Relatório global sobre a tuberculose 2016. Genebra: Organização Mundial de Saúde.

Zúniga-González, C. A., Jarquín-Sáez, M. R., e Martinez-Andrades, E., & Rivas, J. A. (2016). Investigação de acção participativa: Uma abordagem de geração de conhecimento. Iberoamerican Journal of Bioeconomy and Climate Change, 2(1), 218-224.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *